TENENTE DA ROTA BATEU NO DELEGADO dentro do DP - confusão generalizada - G.SHOW.PLAY

Breaking

terça-feira, 15 de novembro de 2016

TENENTE DA ROTA BATEU NO DELEGADO dentro do DP - confusão generalizada

O delegado Dr. Aroldo Cesário Diniz alega ter sido agredido pelo tenente João Carlos da Costa Lopes, oficial da Rota. Testemunhas disseram que o tenente deu uma “gravata” no delegado. Um boletim foi registrado e agora a Corregedoria das duas Instituições deverá apurar os fatos.

Redação Canal Rio Claro – Aristeu Gomes Pepes Filho – (Jaburu) – O fato teve inicio quando policiais da Rota apresentavam um rapaz que supostamente estava sendo procurado pela Justiça. Ficou posteriormente constatado através de pesquisas que o rapaz preso não era procurado, houve então um questionamento por parte do oficial da PM sobre a ocorrência e também sobre o tratamento do delegado para com o oficial. A partir de então teve inicio uma discussão entre o delegado e oficial da Rota, que teria terminado em agressão.
O delegado alega ter sido agredido pelo tenente da PM com uma “gravata” e houve empurrões entre as partes.
Segundo declarações de alguns policiais e testemunhas que não quiseram ser identificadas, os PMs da Rota chegaram a sacar as armas na frente do Plantão Policial.
O Comandante interino Major Lideraldo da Silva do 37º Batalhão da Polícia Militar de Rio Claro disse em entrevista que houve um desentendimento entre as partes e que os fatos serão apurados.
Já o delegado alega ter sido vitima de um crime cometido pelo oficial, registrou ocorrência e espera providências.
Vários setores ligados ao setor de segurança de Rio Claro, como Advogados da OAB de Rio Claro, Delegado Seccional de Policia, Comando interino da Policia Militar de Rio Claro, Oficiais de dia da PM, outros delegados, todos estiveram reunidos a portas fechadas no Plantão Policial.
No desenrolar dos fatos Policiais Civis que estavam de folga permaneceram de prontidão em frente ao Plantão Policial, assim como todas as viaturas da Rota e algumas do policiamento de Rua da PM que permaneceram perfiladas no pátio da Policia Civil.
Dois advogados que estavam no Plantão foram ouvidos como testemunhas dos fatos. A agressão foi gravada em vídeo.
O fato foi comunicado para o Secretário de Segurança que deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso.



Compartilhar no WhatsApp