Esse cientista toma 100 compridos por dia pra viver até 150 anos - G.SHOW.PLAY

Breaking

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Esse cientista toma 100 compridos por dia pra viver até 150 anos

Um cientista chamado Dr. Alex Zhavoronkov está submetendo a si mesmo a um tratamento. A ideia do pesquisador é viver até os 150 anos de idade e, para isso, ele vem tomando cerca de 100 medicamentos por dia.



De acordo com o especialista britânico, ele vem passando por um tratamento antienvelhecimento, graças aos avanços da medicina e da tecnologia. O pesquisador acredita que, no futuro, os homens possam viver centenas de anos.

Dr. Alex é um cientista especializado em pesquisas antienvelhecimento. Ao revelar que ele pretende viver até os 150 anos de idade, ele também declarou que regularmente monitora sua bioquímica, com a contagem de células do sangue, em busca de seu objetivo.

Zhavoronkov é diretor da Fundação Biogerontology Research e autor do livro “The Ageless Generation: Como os Avanços em Biomedicina irão transformar a economia global”. O cientista acredita que o impacto psicológico do envelhecimento é a maior barreira para a longevidade.

Ele afirmou que ele mesmo se vê desafiando as expectativas do envelhecimento como uma parte fundamental de sua obra científica.
Compartilhar no WhatsApp