Mulher viaja 60 horas para apoiar Lula, perde emprego e pede doações para voltar para casa - G.SHOW.PLAY

Breaking

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Mulher viaja 60 horas para apoiar Lula, perde emprego e pede doações para voltar para casa

Fã do PT de carteirinha, Nena Maria Cristina dos Santos, Viajou 60 horas da Bahia até o Paraná para apoiar Lula, mas se decepcionou porque acabou perdendo seu emprego na Bahia e agora esta abandonada pelos militantes do PT, CUT e MST alem de desempregada, sem dinheiro para pagar passagem de volta, ainda, teve que vender a moto para arcar com as despesas da ida. "Se eu conseguir arrecadar dinheiro para voltar para casa vou ficar muito feliz e talvez eu faça uma nova viagem para visitar o Lula quando ele for solto, porque ainda tenho esperança nele", disse Nena.



"Há claramente perseguição a um partido, Lula não é imune à lei, e se for provado que ele é culpado, ele tem que pagar e isso seria uma decepção, por ele ser um líder. Mas até agora não tem nenhuma prova contra o ex-presidente Lula. Acreditamos na palavra dele. É por isso que estamos aqui em  Curitiba", explicou a desempregada NENA e Integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST).

A fé na inocência do ex-presidente Lula, que que que foi preso no último sábado (7) foi o que levou NENA e outras 30 pessoas a viajar 2.076 quilômetros entre Bararrerinha/Ba, à capital paranaense. Ele e colegas de MST saíram TERÇA-FEIRA e só chegaram ao acampamento montado pela CUT num terreno na região central de Curitiba, às 10h desta SEXTA FEIRA, dia do encerramento do prazo para lula se entregar a policia federal.

"Lula é o nosso líder, Por isso apoiamos o PT e sabemos que lula será inocentado pelo Juiz e ainda vai ser nosso presidente pelos próximos 8 anos" afirmou a Militante do PT desde 1991.

Compartilhar no WhatsApp